“As pessoas estão motivadas, mas têm que ser informadas e têm que haver incentivos.”, afirma o antigo Ministro do Ambiente e atual Professor da Faculdade de Engenharia do Porto, Poças Martins, que defende que é uma prioridade atribuir incentivos aos consumidores, para que gastem menos, como, por exemplo, na troca de eletrodomésticos antigos e pouco eficazes.

O Professor sublinha, ainda, a necessidade do Governo fomentar a eficiência energética e repensar, por exemplo, os investimentos a fundo perdido.